Virado à paulista também tem a boa companhia do ovo - Receitas - A Hora do Ovo

o site de notícias do mundo do ovo

Semana do Ovo 2018VET IMPORTNetto Alimentos

Receitas


publicidade
Semana do Ovo Ovos RS 2018VET IMPORT
http://www.ahoradoovo.com.br/arquivos/img/2013/7/413_920_conteudo_g.jpg
Virado à paulista é prato típico do Estado de São Paulo

O frio que chegou do Sul do país tomou conta de diversos estados brasileiros, entre eles, São Paulo. E é justamente da região paulista que chega um prato delicioso bom de ser apreciado neste inverno, embora esteja no cardápio o ano todo. Aproveitando o frio, que tal preparar neste final de semana um autêntico virado à paulista, nesta receita, com o selo da chef Mara Salles, do Restaurante Tordesilhas, da capital São Paulo?

Estrela do menu de segunda-feira em muitos restaurantes e botecos de São Paulo, o Virado à Paulista é um prato cuja origem está muito ligada à história do estado, conforme informações do site www.comidasebebidas.uol.com.br. “Essa era a comida levada nas viagens dos bandeirantes e viajantes interior adentro, no século 17. No farnel, acomodavam lado a lado, feijões e farinha que levavam no lombo do cavalo. O balanço do galope acabava por misturar todos os ingredientes. Foi daí que surgiu o nome virado.

Essa mistura de feijão com farinha, já conhecida da população indígena, era acompanhada de carne de porco em banha trazida na bagagem. `Porcos selvagens eram abundantes na São Paulo colonial`, conta o professor e historiador Ricardo Maranhão, coordenador do Centro de Pesquisas em Gastronomia da Universidade Anhembi Morumbi (SP).

A banana era encontrada no caminho pelos bandeirantes. Quando perto das vilas, acrescentavam ao prato ovo e couve, itens típicos de refeições portuguesas. Comiam com a mão e essa podia ser a única refeição do dia.”

Além do delicioso feijão e de outros ingredientes típicos que compõem o prato, não poderíamos deixar de citar, claro, o ovo frito, que acompanha muito bem essa delícia. Faça em casa e sirva com alegria. 

VIRADO À PAULISTA

Da chef Mara Salles, do Restaurante Tordesilhas

 

Ingredientes

3 colheres (sopa) de farinha de milho

1 colher (sopa) de farinha de mandioca

4 conchas de feijão cozido com o caldo

50 g de bacon cortado em cubinhos

3 dentes de alho picados

1 cebola pequena bem picada

Pimenta-do-reino moída na hora a gosto 

Acompanhamentos

6 bistequinhas de porco grelhadas

3 gomos de linguiça toscana fritos

2 maços de couve cortados finamente e passados rapidamente na frigideira

6 ovos fritos

100 g de tiras de bacon fritas (ou torresmo)

Arroz branco 

Preparo 

1. Misture as duas farinhas e umedeça-as um pouco com as mãos molhadas. Reserve.

2. Bata, no liquidificador, metade do feijão cozido com o caldo. Reserve.

3. Frite o bacon até ficar dourado, adicione o alho e também deixe dourar. Em seguida, refogue a cebola.

4. Na mesma panela, agregue o feijão batido e a outra metade com os grãos inteiros.

5. Deixe ferver e adicione aos poucos as farinhas, mexendo sem parar, até dar o ponto de pasta bem mole (depois de amornar, ela engrossa muito). Salpique a pimenta-do-reino.

6. Sirva com os ingredientes do acompanhamento.

(A Hora do Ovo, com informações do site www.comidasebebidas.uol.com.br) 

POSTE AQUI O SEU COMENTÁRIO




Exibir comentários

    Não há comentários!
publicidade Hy-Line
publicidade Granja Tsuru