IOB realiza pesquisa para identificar dúvidas que persistem sobre o ovo - No Mundo do Ovo - A Hora do Ovo

o site de notícias do mundo do ovo

MERCOAVES TOPONetto AlimentosVET IMPORT

No Mundo do Ovo


publicidade
Semana do Ovo Ovos RS 2018VET IMPORT
http://www.ahoradoovo.com.br/arquivos/img/2018/9/1554_4811_conteudo_g.jpg
Pesquisa online identificará dúvidas sobre o ovo

Uma pesquisa para direcionar ainda melhor as ações do Instituto Ovos Brasil é a proposta da entidade. Pela pesquisa, o IOB busca identificar as questões que ainda são dúvidas para profissionais no que se refere aos benefícios nutricionais do ovo e alguns paradigmas. A partir dos resultados dessa pesquisa, o Instituto Ovos Brasil pode encontrar as melhores soluções para ser mais assertivo em suas ações.

O questionário é interativo, permitindo a quem responde visualizar as respostar corretas, tornando-se assim mais que um questionário e também uma fonte de informações. No questionário, há questões envolvendo, por exemplo, os nutrientes presentes nos ovos.

A pesquisa será aplicada primeiramente de forma online e foi formulada por Juliana Lopes Frias, em parceria com o Instituto Ovos Brasil. Ela é graduada em nutrição e em medicina veterinária e tem ainda especialização em terapia nutricional, nutrição esportiva e vigilância sanitária de alimentos, além de experiência na área de produção animal. Juliana Frias deve se firmar como mais uma ativista em prol da divulgação do ovo e seus nutrientes. “Temos muitos motivos pra celebrar o ovo, que é rico em vitaminas lipossolúveis (A, D, E, K) e do complexo B, por exemplo”, indica.

Os trabalhos da pesquisa já foram iniciados. Segundo Ricardo Santin, presidente do Conselho Diretor do Instituto Ovos Brasil, essa nova ação integra a mobilização para ampliar a Semana do Ovo 2018, que acontece este ano entre os dias 7 e 12 de outubro. Santin está otimista com mais esse trabalho do IOB e avalia: “Ano a ano trabalhamos a promoção do ovo em outubro e temos alcançado um grande sucesso. Os resultados, como o aumento do consumo de ovos, estão aí para provar.”

(A Hora do Ovo, com informações da assessoria de imprensa do Instituto Ovos Brasil)

POSTE AQUI O SEU COMENTÁRIO




Exibir comentários

    Não há comentários!