Galinhas poedeiras liberam defesas naturais contra doenças - Artigos técnicos - Com a Palavra - A Hora do Ovo

o site de notícias do mundo do ovo

Netto AlimentosVET IMPORTARTABAS

Artigos técnicos - Com a Palavra


publicidade
BOEHRINGER INGELHEIM
http://www.ahoradoovo.com.br/arquivos/img/2018/5/1435_4448_conteudo_g.jpg
 

Pesquisa pioneira sobre o genoma completo de mais de 1600 aves de postura revelou um vínculo genético com Anticorpos Neutralizantes (naturais, chamados NAbs). Essa pesquisa, realizada pela Universidade de Wageningen, na Holanda, e Hendrix Genetics, tem um enorme potencial para impactar positivamente produtividade, biosseguridade e sustentabilidade.

Um sistema imunológico preparado

Ao contrário dos anticorpos tradicionais que o corpo produz para combater infecções após a exposição a germes (virais bacterianos), os NAbs estão presentes naturalmente no organismo. Isso significa que se o corpo vier a ser exposto a germes, os NAbs poderão auxiliar a ave a reagir mais prontamente e eliminar a ameaça muito mais rapidamente. Com maior importância ainda se descobriu que esses NAbs são hereditários e, portanto, susceptíveis a progresso genético.

Uma solução ideal para mudar práticas

O momento dessa descoberta é crucial, pois os NAbs podem desempenhar um papel vital na evolução da cadeia de valor das proteínas animais. A área de postura comercial, em particular, está passando por mudanças profundas em todo o mundo. Os dois maiores fatores são a transição de gaiolas para diversas formas de alojamentos em grupo, mais abertos, e a outra é a redução ou eliminação de antibióticos preventivos.

Os NAbs-Anticorpos Neutralizantes (naturais) parecem ser uma solução ideal para os atuais desafios enfrentados pela avicultura de postura. Não só ajudariam a melhorar a produtividade em ambientes com mais pressões de doenças, mas o fariam sem o uso de antibióticos. A chave para desbloquear essa solução está em identificar corretamente a parte do genoma com maior impacto sobre os NAbs, para que as futuras poedeiras possam ser selecionadas também por essa característica. No estudo realizado já foi identificada uma região genômica de destaque: ainda em regime experimental e confidencial, acredita-se que tal região responda por até 60% da variação genética associada aos níveis de NAbs.

Mais pesquisas necessárias antes de estarem comercialmente disponíveis

Atualmente a Hendrix Genetics está realizando três estudos de campo com galinhas com altos e baixos níveis de NAbs. Tais animais serão então monitorados quanto à adaptabilidade e produtividade. A expectativa é de que a partir dessa e de futuras pesquisas, os NAbs se tornem um componente-chave de linhagens puras da Hendrix Genetics destinadas a ovos comerciais no final da cadeia produtiva.

Esse é um exemplo fundamental de como a genética pode agregar valor, ao mesmo tempo em que aumenta a sustentabilidade em toda a cadeia de valor das proteínas alimentícias. 

http://www.ahoradoovo.com.br/arquivos/img/2018/5/1435_4449_conteudo_p.jpg
 

FRANS VAN SAMBEEK é diretor global

de Pesquisa e Desenvolvimento da Hendrix Genetics

E-mail: Frans.van.Sambeek@hendrix-genetics.com 

POSTE AQUI O SEU COMENTÁRIO




Exibir comentários

    Não há comentários!